Filed Under:  Jogos

Guerra Civil nos celulares: Marvel ergue um império de sucesso no Android e iOS

3rd maio 2016  ·   0 Comentários

Na semana de lançamento do filme Capitão América: Guerra Civil, a Marvel promoveu uma verdadeira avalanche de atualizações em todos os jogos baseado em filmes e HQs. É um esforço conjunto que lembra a criação do universo cinematográfico dos Vingadores, mas que crava o fim da era dos games mobile baseados exclusivamente em uma única película.

marvel-torneios-dos-campeoes-guerra-civil-android-ios

Mega atualização dos jogos da Marvel traz o filme Guerra Civil para o seu celular, em uma sinergia pouca vista na plataforma mobile.

Marvel: Torneio dos Campeões (Android e iOS), Marvel Future Fight (Android e iOS) e Marvel Avengers Academy (Android e iOS) receberam eventos especiais com a temática da Guerra Civil. Além disso, jogos como Marvel: Avengers Alliance 2 (Android, iOS e Windows Phone) e Marvel Puzzle Quest (Android e iOS). O sucesso de público em todos esses jogos e inegável e a manutenção constante de atualizações tem contribuído para isso.

Até 2013, era comum ver um jogo mobile, baseado em um filme, possuir qualidade satisfatória. Batman: O cavaleiro das trevas ressurge (Android, iOS e Windows Phone), Iron Man 2 (iOS), Amazing Spider-Man (Android e iOS), a lista é curta, mas memorável. Entretanto, desde aquele ano, e com a evolução e velocidade com a qual os filmes são lançados, é quase impossível preparar um jogo de qualidade para cada filme ou série lançada.

Recentemente tivemos o péssimo exemplo de “Who Will Win” (Quem vai ganhar?) Android e iOS. Um jogo pobre em todos os sentidos, criado para promover o filme “Batman vs Superman“. Não vou nem comentar jogos de blockbuster menos chamativos como Hercules, Terminatior Genisys e 300 Conquiste a sua Glória. Sim, Estou falando dos jogos de filmes da Warner que vão para o limbo da Google Play e App Store na segunda semana do lançamento do filme.

Na contra-mão da DC, além da evolução constante e medição da audiência, a Marvel usa seus jogos mobile de forma inteligente, para introduzir novos personagens, meses antes do lançamento de alguma série ou filme. Assim, ao chegar nas telonas, aquele personagem já é “figurinha carimbada” na mente de quem nunca leu uma HQ.

A solução encontrada pela Marvel e elegante, e reflete o sucesso do seu universo cinematográfico. Ao invés de criar um game para cada série ou filme, a dona da marca de heróis como Homem de Ferro, Capitão América e Homem Aranha decidiu apostar em estúdios variados e focar em atualizações para cada jogo.

Porém, a ideia tem seu lado negativo. Ela reflete a mesma ineficiência dos estúdios de jogos para PC e consoles na criação de jogos baseados em filmes. E no fim, rasteia a diversão, impossibilitando um game mais denso e centrado em apenas uma história.

Readers Comments (0)