Filed Under:  Notícias

Os casos mais inusitados de pessoas jogando Pokémon Go

9th agosto 2016  ·   0 Comentários

A febre que tomou conta do Brasil faz menos de uma semana já registrou uma quantidade considerável de casos estranhos

Pokémon Go

Pokémon Go

Foto: Reprodução

O clima de nostalgia está no ar desde que o aplicativo “Pokémon Go” chegou ao Brasil, menos de uma semana atrás, e fez as pessoas saírem às ruas caçando com o objetivo de se tornar um mestre pokémon. O jogo simula uma realidade virtual na qual podemos encontrar pokémons nas ruas através da câmera do celular e capturá-los com pokébolas, exatamente como no desenho!

Por mais que muitos considerem o avanço tecnológico como um retrocesso nas interações sociais, é inegável que nos últimos dias as pessoas tem interagido mais com estranhos e caminhado muito mais que o habitual, tudo por causa da busca pelos bichinhos de nossas infâncias.

No entanto, devemos assumir que o jogo está deixando as pessoas um pouco mais malucas do que deveria. Fora alguns casos reportados de assalto e acidentes de trânsito, as pessoas se meteram em muitas outras situações inusitadas que são até difíceis de acreditar, mas são reais.

Motoboy que está prestando serviços para pessoas que querem caçar pokémons na cidade de São Paulo viralizou na web

Motoboy que está prestando serviços para pessoas que querem caçar pokémons na cidade de São Paulo viralizou na web

Foto: Reprodução/Twitter

Começando pelo melhor, temos o caso do motoboy que presta serviço para quem quer caçar pokémons. Denis Paz circulou na internet após divulgar o tour que oferece aos jogadores pelas melhores pokéstops de São Paulo. Para quem mora em regiões afastadas de centros comerciais ou “privilegiados” pelo jogo, pegar pokémons pode ser um desafio ainda mais complexo. Não bastasse ser incrivelmente difícil de aparecer um pokémon na sua casa, quando eles finalmente aparecem suas pokébolas acabam. Frustrante, não? Para isso, já podemos contratar os serviços de Denis e ir em busca de completar nosso pokédex em um passeio de moto. Isso sim é empreendedorismo!

Mas, infelizmente, nem todo mundo é tão centrado quanto Denis. Dois casais se meteram em problemas reais por causa do jogo e acabaram na cadeia. Robin Bartholomy e Adrian Crawford foram detidos após pularem a cerca de um zoológico em Ohio, nos Estados Unidos, porque tinham certeza absoluta de que iriam conseguir capturar alguns pokémons raros dentro do local. No entanto, eles não levaram em consideração que seriam flagrados pelas câmeras e reportados pelos seguranças para as autoridades.

O pokémon Rattata foi flagrado em Comissão Especial da Câmara dos Deputados em discurso do juiz Sérgio Moro

O pokémon Rattata foi flagrado em Comissão Especial da Câmara dos Deputados em discurso do juiz Sérgio Moro

Foto: Reprodução

Brent e Brianna Daley cometeram um erro mais grave. A polícia de Pinal, no Arizona, foi chamada por vizinhos que localizaram o filho de dois anos do casal sozinho e chorando do lado de fora de casa na noite de um domingo. O pai desligou o telefone na cara do policial quando contatado sobre o filho e os dois demoraram mais de uma hora para chegar em casa. De início, disseram ter saído para comprar gás, mas acabaram admitindo que estavam rondando de carro atrás de pokémons e foram detidos por negligência e exposição de criança ao risco.

Os bichos do Pokémon Go também estão aparecendo em lugares um tanto quanto inusitados. Na última quinta-feira (4), um pokémon Rattata foi flagrado na Comissão Especial da Câmara dos Deputados durante um discurso do juiz Sérgio Moro. Realmente, todo lugar é lugar para jogar.

Mas o caso mais traumático é o da americana Shayla Wiggins que foi parar no rio Big Wind em sua caçada por um pokémon de água e acabou encontrando algo muito diferente. Ao descer perto de uma ponte, a garota de 19 anos acabou encontrando um cadáver.

As empresas The Pokémon Company International e a Niantic, responsáveis pelo aplicativo, já informaram estar cientes dos acontecimentos bizarros com os jogadores e afirmaram encorajar os adeptos do jogo a prestarem atenção no ambiente e andarem acompanhados quando forem caçar em lugares desconhecidos. “Por favor, lembrem-se de ficar seguros e alertas o tempo todo.” Fica aí o conselho.

Readers Comments (0)