Filed Under:  Arte & Cinema

Morre Jonathan Demme, diretor de ‘O Silêncio dos Inocentes’, aos 73 anos

26th abril 2017  ·   0 Comentários

Cineasta vencedor do Oscar de melhor diretor morreu nesta quarta-feira (26), em Nova York, vítima de um câncer no esôfago

O cineasta Jonathan Demme, vencedor do Oscar de melhor diretor por “O Silêncio dos Inocentes”, morreu na manhã desta quarta-feira (26), aos 73 anos. A informação foi confirmada pelo site americano IndieWire.

Jonathan Demme%2C diretor de

Jonathan Demme, diretor de “O Silêncio dos Inocentes”, morreu nesta quarta-feira (26), aos 73 anos

Foto: Divulgação

De acordo com uma fonte do site, ele foi vítima de um câncer no esôfago e complicações de uma doença cardíaca. Jonathan Demme foi tratado em 2010, mas a doença no coração voltou em 2015 e sua condição piorou nas últimas semanas.

O americano nasceu no estado de Nova York em 1944 e se formou em Miami, na Flórida. Ele começou a trabalhar com cinema nos anos 1970, quando escreveu e produziu o filme “Angels Hard as They Come”, em 1971. O primeiro longa que ele dirigiu foi “Caged Heat”, em 1974.

Na ativa desde os anos 1970, Demme alcançou o sucesso só na década de 1980, quando dirigiu filmes como “Armas e Amores”, em 1984, e “Totalmente Selvagem”, em 1986. O segundo recebeu três indicações ao Globo de Ouro.

Consagração

Na década de 1990, o cineasta trabalhou nos longas que marcaram sua carreira para sempre. Em 1991, ele dirigiu “O Silêncio dos Inocentes”, filme estrelado por Anthony Hopkins e Jodie Foster. O longa ganhou cinco Oscars em 1992, incluindo de melhor filme e melhor diretor, além de um Globo de Ouro. O trabalho ainda rendeu um Urso de Ouro ao cineasta no Festival de Berlim.

Em 1993, Demme trabalhou em “Filadélfia”, com Tom Hanks e Denzel Washington. O filme ganhou dois Oscars e dois Globos de Ouro, além de um Urso de Prata no Festival de Berlim.

O último filme dirigido por Jonathan Demme foi “Ricki and the Flash – De Volta Para Casa”, lançado em 2015. Ele ainda assinou o documentário “Justin Timberlake + The Tennessee Kids”, lançado em 2016 na Netflix, que acompanhou o último show da turnê mais recente do cantor. Fontes próximas ao cineasta afirmaram que ele estava trabalhando em um novo projeto.

Readers Comments (0)