Arte & Cinema

Conheça 5 roteiros inspirados no Oscar 2017

“La La Land”, por exemplo, foi filmado em Los Angeles, nos EUAHollywood se prepara mais uma vez para realizar a cerimônia mais importante e esperada do cinema mundial, o Oscar, que neste ano acontecerá na noite de 26 de fevereiro.O indicado ao Oscar, “Manchester à Beira-Mar” foi filmado em cidades costeiras de North Shore%2C EUAFoto: ReproduçãoE com isso, neste período de espera, alguns dos filmes indicados à premiação, como o musical “La La Land: Cantando Estações” e o drama “Manchester à Beira-Mar”, acabam sendo os mais assistidos ao redor do mundo. Por isso, o site de reserva de hotéis “Booking” reuniu cinco destinos que foram locações de alguns dos principais longas do Oscar. “La La Land: Cantando Estações”, Los Angeles – O queridinho das telonas e o favorito da cerimônia deste ano é, sem dúvidas, o filme “La La Land: Cantando Estações”, do cineasta Damien Chazelle e que, protagonizado pelos atores Emma Stone e Ryan Gosling, conquistou os sete prêmios aos quais foi indicado no Globo de Ouro. Com um ar retrô e muitas referências e homenagens a clássicos musicais hollywoodianos, o filme conta a história de um pianista de jazz (Gosling) e de uma aspirante a atriz (Stone) que procuram transformar os seus sonhos de sucesso em realidade e que, no meio do caminho, acabam se apaixonando.O longa se passa em Los Angeles, nos Estados Unidos, destino perfeito para quem gostaria de encontrar algumas estrelas durante a viagem. A cidade também é dona de uma agitada e animada vida noturna e foi recomendada pelos usuários do “Booking” também pela sua história, arquitetura e gastronomia.Além disso, na cidade, mais especificamente no encontro entre as estradas 105 e 110, se encontra a passarela onde foi filmada a sequência musical inicial da película. Lá, também é possível visitar o apartamento rosa de Mia (Stone), o restaurante onde Sebastian (Gosling) toca e, é claro, os estúdios cinematográficos Warner Bros.“Manchester à Beira-Mar”, Massachusetts – Após o sucesso da sua estreia no norte-americano Sundance Film Festival e de várias avaliações positivas, como a do site especializado “Rotten Tomatos”, o longa “Manchester à Beira-Mar” é um forte candidato a ganhar o Oscar de Melhor Filme entre outras categorias.O drama é estrelado pelos atores Casey Affleck e Michelle Williams, que estão concorrendo nas categorias de Melhor Ator e Atriz, respectivamente, e dirigido pelo cineasta Kenneth Lonergan e conta a história de um faxineiro de Boston (Affleck) que é obrigado a voltar a sua cidade natal para cuidar do seu sobrinho depois que o pai do menino, e seu irmão, morre. O filme é ambientado em algumas cidades costeiras de North Shore, região do estado norte-americano de Massachusetts, entre as quais Gloucester, Rockport e Beverly. Na região, é recomendado, entre outras atividades, alugar um carro e explorar a área, visitando, por exemplo, os municípios de Boston e Cambridge.“Lion: Uma Jornada para Casa”, Índia e Austrália – Também indicado para a categoria de Melhor Filme do Oscar está o longa “Lion: Uma Jornada para Casa”, obra baseada na história real de Saroo, menino indiano de 5 anos que acaba se perdendo da família em uma estação de trem em Calcutá, na Índia, e acaba sendo adotado por uma família australiana.Interpretado por Dev Patel, o garoto vai crescendo e começa a ter memórias de sua vida na cidade indiana com seus pais biológicos. Assim, com 25 anos o jovem começa a procurar sua verdadeira família usando a ferramenta Google Earth.O longa, que também conta com a atuação de Rooney Mara, Nicole Kidman e David Wenham e com a direção de Garth Davis, se passa em Calcutá e em várias localidades da Austrália, como a cidade de Hobart, na Tasmânia, e Melbourne. “Até o Último Homem”, Richmond, Austrália – Dirigido pelo ator e cineasta Mel Gibson, o filme “Até o Último Homem” é uma épica cinebiografia ambientada na Segunda Guerra Mundial e foi o mais premiado do Australian Academy of Cinema and Television Arts (Aacta) Awards deste ano.O longa conta a história do médico do Exército Desmond T. Doss, interpretado pelo ator Andrew Garfield, que demostrou grande heroísmo ao se recusar a pegar em amas durante a guerra, mas salvando 75 pessoas na ala médica durante a Batalha de Okinawa. Doss foi o primeiro Opositor Consciente da história dos Estados Unidos a receber a Medalha de Honra do Congresso. Mesmo a famosa batalha tendo ocorrido no Japão, algumas cenas do filme foram gravadas na pequena cidade de Richmond, no subúrbio da capital Melbourne, na Austrália. O ambiente foi “reconstruído” temporariamente para refletir bem a época da 2ª GM. O município se localiza perto do belo Parque Nacional Blue Mountains, que é uma das grandes atrações para quem quiser visitar a região.“Moonlight: Sob a Luz do Luar”, Miami – Um outro filme independente e que com certeza pode ter destaque na premiação do Oscar deste ano, principalmente nas categorias de Melhor Filme e Melhor Diretor, é “Moonlight: Sob a Luz do Luar”, longa que já foi indicado ao Globo de Ouro e foi escolhido como a melhor obra no Los Angeles Critics Association.O drama conta a história de Chiron, jovem negro interpretado por Trevante Rhodes, que, da infância à vida adulta, luta para descobrir sua própria identidade sexual e sua masculinidade em uma jornada de auto-conhecimento enquanto tem que lidar com a criminalidade e um mundo de drogas da periferia de Miami.Como o filme se passa na cidade norte-americana, os usuários do “Booking” recomendam explorar a cidade e seu litoral, aproveitar para fazer compras em lojas de grandes marcas e em boutiques escondidas, se deliciar em restaurantes da mais fina gastronomia e se divertir na animada vida noturna, cheia de emoção e arte.

More Arte & Cinema

Michael Bay provoca Donald Trump em filme sobre futuro distópico

Diretor de “Transformers” anuncia produção de sátira que critica medidas polêmicas do presidente Donald Trump; confira a história de ”Little America”Durante a corrida presidencial americana não faltaram artistas que se opuseram à candidatura de Donald Trump – sobretudo, por suas posições agressivas em relação à mulheres e imigrantes no país. Agora o diretor de “Transformers”, Michael Bay, anunciou que irá produzir um filme “futurista distópico” sobre uma noção governada por um líder “tipo Donald Trump”.Michael Bay está preparando filme futurista que afronta medidas polêmicas do governo de Donald TrumpFoto: DivulgaçãoAmérica em ruínasMuita gente não está exatamente feliz com a eleição do magnata Donald Trump nos Estados Unidos, principalmente Michael Bay, Andrew Form e Brad Fuller. Os três irão produzir o filme “Little America” (“Pequena América”, em tradução livre) sobre uma sociedade futurística completadamente falida liderada por um político no estilo de Trump. A produção será tocada pela Universal Pictures em conjunto com a Platinum Dunes, produtora dos cineastas já mencionados, e terá o roteiro de Rowan Athale, criador de “Wasteland”.As expectativas para o filme estão altas. De acordo com o que foi divulgado até agora, “Little America” será uma espécie de continuação do longa de 1981 de John Carpenter “Fuga de Nova York”. Na história de Michael Bay – que já produziu diversos filmes de terror como “Ouija”, “Horror em Amityville” e um remake do clássico “O Massacre da Serra Elétrica” – os Estados Unidos estarão falidos e a China será a nação dominante do mundo e muitos cidadãos americanos irão imigrar para o país asiático em busca de trabalho. De acordo com a breve descrição publicada no filme, ele terá um ar mais cômico, ao invés de trabalhar mais o seu lado de ficção científica.ImigraçãoPara entender melhor a proposta de Michael Bay em “Little America”, é necessário relembrar algumas das falas de Donald Trump durante sua campanha presidencial. Já antes de ser eleito, o empresário ameaçou deportar imigrantes e construir um muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México.Nessa quinta-feira (26), menos de uma semana depois de assumir o cargo, Trump tinha uma reunião marcada com Enrique Peña Netro, presidente mexicano, e fez uma série de tweets alegando que o muro deveria pago pelo país vizinho e, que, caso contrário o encontro poderia ser cancelado. Também pelo Twitter, Enrique Peña divulgou que não iria comparecer no compromisso com Donald Trump.Atualmente, muitos brasileiros vivendo nos Estados Unidos são constantemente assolados pelo medo da deportação e diversas minorias estão acuadas e com medo das consequências do mandato Trump. O filme de Michael Bay, “Little America”, não poderia ser mais atual do que isso.

Arte & Cinema Archives

Novo “Resident Evil” investe em ação ininterrupta e sana dúvidas sobre Alice
Último filme da série estreia nesta quinta-feira (26) e apresenta uma explicação bem satisfatória para todas as perguntas sobre a protagonistaParece que todos concordam que a franquia “Resident Evil” durou ...
‘La La Land’; ganha fôlego por se comunicar com sonhadores em tempos obscuros
Hit da temporada do Oscar, “La La Land” estreia no Brasil promovendo resgate dos musicais e comunhão de sonhadores e fãs do bom cinemaRyan Gosling e Emma Stone já haviam ...
Os 15 filmes mais aguardados de 2017
Lista de filmes de 2017 tem novos títulos de franquias, longas premiados e produções nacionais; veja quais são os 15 mais aguardados do anoA temporada de premiações só faz a ...
Cinema brasileiro terá presença expressiva no Festival de Roterdã, na Holanda
Ao todo 15 filmes nacionais serão exibidos na edição 2017 do Festival de Roterdã, que começa no próximo dia 25 e vai exibir filmes durante 10 diasO cinema brasileiro marcará ...
Fãs de ‘Star Wars’ fazem petição para Leia se tornar princesa da Disney
Petição pede para que a personagem de Carrie Fisher se torne oficialmente uma princesa da Disney; empresa comprou os direitos da saga em 2012Uma semana após a morte de Carrie ...
‘Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood’ é para fãs dos Trapalhões e Didi
Longa que reúne Renato Aragão e Dedé Santana não faz rir, mas conserva essência de Os Trapalhões com bom elenco e homenagem ao eterno Didi. Produção chega aos cinemas brasileiros ...
Encantador e divertido, ‘Moana’ faz importante expansão do universo da Disney
Com Lin-Manuel Miranda e dupla de diretores de “A Pequena Sereia”, novo filme da Disney faz seu caminho para se tornar um clássico modernoDepois de muito sucesso no mercado americano, ...
Tenso e angustiante, “Animais Noturnos” é ofilme mais provocativo de 2016
Segundo longa de Tom Ford, indicado ao Globo de Ouro 2017 em três categorias, estreia no circuito nacional nesta quinta-feira (29)Tom Ford deixou crítica e indústria boquiabertas com sua estreia ...

« Página anteriorPróxima Página »